Conheça a Litíase urinária

Litíase urinária é uma das mais frequentes causas de internamento em unidades de Urgência, principalmente por ser a causa de crises álgicas intensas e quadros infecciosos e inflamatórios graves.

Os cálculos ou pedras aparecem inicialmente nos rins e, quando migram, descendo pelos ureteres, causam obstrução do ureter e rim, levando a dilatação do sistema coletor (hidronefrose), acompanhado de dores intensas, náuseas e vômitos. Podendo ter infecção urinária (Pielonefrite), levando a um quadro clínico mais grave.

Trata-se, portanto, de uma Urgência, e necessita de tratamento imediato, internamento, afastando o paciente de suas atividades regulares.

Acompanhamento:

Ao chegar à Unidade de Urgência, é feito o diagnóstico e o tratamento imediato do quadro de dor, e infecção quando existe. A Tomografia é o exame que oferece mais detalhes, o tamanho do cálculo, localização, dilatação do rim, além de orientar sobre o melhor tratamento.

Qual o Tratamento?

Cálculos nos rins, ureteres, bexiga ou uretra têm abordagens diferentes. Além da localização, o tamanho e a densidade são levados em consideração para o Médico decidir qual o melhor tratamento.

Nos pacientes com urolitíase e dor, em Urgência, os cálculos ureterais são os mais frequentes. Deve ser feito algum procedimento quando as dores são refratárias ao tratamento clínico com medicamentos, ou na presença de infecção ou dilatação do sistema coletor. Podemos tentar acompanhamento clínico em caso de cálculos menores de 0,5cm, sem sinais de infecção, porque cerca de 70% desses pacientes eliminam espontaneamente seus cálculos.

O tratamento endoscópico é feito com equipamentos, Ureteroscópios semi-rígidos ou flexíveis, fragmentando os cálculos para eliminá-los ou retirá-los.

Procure seu Urologista.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*